quarta-feira, 18 de junho de 2008

Fui esquecendo meus pedaços pelo meio do caminho.

Resolvi fazer um trequinho desses pra mim. Não que eu seja fã disso, mas, sei lá, deu vontade. E eu não devo satisfação. Andei pensando bem e resolvi fazer um. Pronto. Dei satisfações. É incrível como eu não mantenho minhas idéias no lugar, estou sempre falando e não fazendo, querendo e não conseguindo, tentando e desistindo. Mas, que graça a vida teria se eu fizesse tudo que deveria, ou conseguisse tudo o que quisesse? Não ia ter emoções nem motivos pra chorar às vezes... Não que eu seja a pessoa mais sofredora do mundo. Até que não. Gosto só de fazer um draminha e exagerar muito. Sintam dó de mim, porque eu sofro mais que um mendigo da paulista no frio de ontem ( frio do caralho, não?). Sofro porque não tenho grana pra pagar meus cigarros e tenho que ficar pedindo para os outros. Sofro porque não tenho emprego e com isso não tenho o dinheiro pro tal cigarro. Sofro porque não agüento quase nada do que acontece comigo, mas, como uma besta que sou, continuo rindo e tudo fica bem. Okay, exagerei outra vez. Não sofro tanto assim e nem tenho tantos problemas. É que sem ênfase, as coisas ficam meio sem graça...

3 comentários:

Mari disse...

Sorria sempre,pois seu sorriso é lindo!!!!Se sinta feliz sempre,pois tem um bando de gente q te ama muitão,viu?
Continue escrevvendo,mas com menos cigarro,pois tem mta nicotina nesse texto....rsrsr
Brincadeirinha,mas vc leva jeito,continue...Bjs!!!

Fernanda disse...

Oi, gatinho.

Um draminha de vez em quando é bom, principalmente quando sabemos que é apenas para encrementar o que queremos passar e admitimos isso!

Beijinhos

Cá disse...

Decide Vi.. ou você NÃO sofre ou você SOFRE pra caralho.. Ah problemas todos temos.. lembra na fmu? aquela menina? que ia com aquelas roupas? e chamavam ela de "Rebelde"? ..
pois então.. ela tem problemas.. =/
os cigarros da vida, a gente fila doooos amigos..HAHAHAHAHA
ou PARA DE FUMAR...
Te amo viiida